João Villaverde é jornalista, consultor e doutorando em Administração Pública e Governo na FGV-SP. É professor no programa de graduação em Administração Pública na própria FGV. Foi pesquisador visitante na School of International and Public Affairs (SIPA) na Universidade de Columbia, em Nova York. 

Livros: Autor do livro-reportagem Perigosas Pedaladas (Geração Editorial, 2016), sobre o impeachment de Dilma Rousseff. É coautor, com José Márcio Rêgo, do livro Rupturas do Pensamento: a autobiografia de Bresser-Pereira em depoimentos a Villaverde e Rego (Editora 34), lançado em 2021. Saiba mais aqui.


Venceu dois prêmios consecutivos de Melhor Reportagem pelo Estadão, em 2014 e 2015, e foi finalista do Grande Prêmio Esso de Jornalismo. Por 12 anos, João foi repórter em redações de jornais como Valor Econômico e O Estado de S. Paulo, tendo passado mais da metade desse período em Brasília. Fez parte do Centro de Estudos de Política e Economia do Setor Público (CEPESP), vinculado à FGV. É palestrante na Casa do Saber. Tem artigos publicados na Folha de S. Paulo, Poder360 , O Estado de S. Paulo e Nexo, além de resenhas para a Revista Amálgama e ensaios para o Estado da Arte. Foi culpado, junto do amigo Daniel Barros, pelo podcast Jornalistas À Paisana, produzido por Vitor Garcia. Foi colunista da revista Época.


Torce para o Botafogo, maior time de futebol do mundo

 
 

João, 2019.jpg

Quem faz

Refúgio do ruído: chegará no seu e-mail uma vez por mês, no dia 7.